Total de visualizações de página

segunda-feira, 30 de junho de 2008

Acido Barbiturico

Acido Barbiturico.


Vermelho teu sorriso interior.
Ingenuo como foi a minha entrega.
Envolve meu querer e meu furor.
Desdenha minha tola paixão cega.

Vermelha tua pele caipira
Suave como foi nossa amizade.
Conquista meu poder e me inspira.
Desenha minha lagrima de saudade.

Vermelho teu cabelo indeciso.
Perfeito como foram os poucos dias.
Vicia meu corpo e meu juizo.
Destroi meu coração que desconfia.


Vermelha tua cara encantada.
Bela como foram poucas damas.
Enfeitiça meu discurso tal qual fada.
Despedaça meu amor em meio aas chamas.


É teu vermelho que corre em minhas veias.
Teu vermelho é o sangue de minha vida.
Teu vermelho me prende em suas teias.
Teu vermelho minha unica saida.

Nenhum comentário: