Total de visualizações de página

terça-feira, 13 de maio de 2008

O terceiro é demais

Brasileiro por inteiro.
Uma filho da patria.
Tua visão num nevoeiro.

Orgulhoso terceiro mundista.
Vaidoso sulamericano.
Ignorante como um monje budista.


Saudoso dos tropicais humores.
Nostalgia dos sub tempos.
Saudoso de esgrimar dos rumores,


Brasil com S.
O paraiso mundano.
Onde o preconceito perece.


Brasil de tantos cantos.
Terra sagrada em sangue.
Berço de agnosticos santos.


Minha terra amada.
Nucleo do meu atomo.
Por ti desembanho a espada.

Linda para todos os sentidos.
Essa nacão abençoada de pensamentos.
Composta por doidos varidos.

Patria da nova arte
Gentil sub-mundo
Referencias de varias partes.

Sutil colonia evoluida.
Já é o terceiro mundo.
Do planeta a ultima saida.

Brasileiro, latino, sudaca.
Pobre como pensa o mundo.
Desfiro comentarios vindos da cloaca.

E mancho de verde a Europa .
Cuspo amarelo no centro da pangeia,
Vomito azul nesse mundo e sua tropa.

Nenhum comentário: