Total de visualizações de página

terça-feira, 13 de maio de 2008

Canção do Auxilio

Canção do Auxilio.


Meu exilio tem saudades
Porque lamenta, quem saberá?
M’ as vozes que aqui gorjeiam,
Não gorjeia um Sabia;

Nosso fel tem mais centelhas,
Nossas falhas tem mais dores,
Nossos choques tem mais vida,
Nossa vida mais sabores.

Em cismar – no fio, do açoite –
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem ideias,
Gorjeadas pelo ar.


Minha terra tem terrores
Que tais não encontro eu cá.
Em cismar – no fio do açoite –
Mais prazer encontro eu lá.
Minha terra tem sabores;
Que tais não encontro eu cá.

Mas permita deus que eu morra,
Se nunca voltar para lá,
Sem que disfrute seus terrores,
Que não existem por cá,
Sem que ouça a minha janela,
O Sabia a chorar.

Nenhum comentário: